hair extensions for thinning crown difference between bundle and package hair real hair wigs are pre bonded hair extensions bad for your hair ebay hair lace wigs anna hair games how to cut extensions into a long bob hair extensions uk arda wigs tutorials peruvian hair bundles uk simply wigs

A DIFICIL RELAÇÃO ENTRE PAIS JOVENS E FILHOS

Hoje recebo jovens pais com uma freqüência crescente. São adolescentes que se tornaram pais de uma forma inesperada, jovens entre 25 e 30 anos que estudaram muito, mas sem experiência alguma de vida, que estão começando agora a andar sob suas próprias pernas ou pais de 40 anos ou mais que adiaram a maternidade por projetos profissionais e agora o filho é “o projeto” de suas vidas.

Por terem acesso a psicoterapia, procuram por orientação, para “consertar” as falhas apresentadas ou para “aprender” o papel de pais que eles não conseguem assumir. Alguns simplesmente trazem os filhos e dizem: “não sei o que fazer com ele, ele não me obedece” e esperam que o psicólogo “dê um jeito nele”. Outros dizem: “eu já fiz de tudo e nada adianta, o problema é ele”.

A maior dificuldade que encontro em lidar com os pais tem sido duas: a crença de que “se eu fizer tudo certo, tudo vai dar certo” e de que “a missão dos pais é fazer os filhos felizes” como se a felicidade fosse um direito adquirido dos filhos a ser proporcionado pelos pais.
São crianças de 3, 4 anos que tiranizam a família e a escola; púberes com transtorno de ansiedade, obesidade, timidez e vitimas de bulling; adolescentes sem limites, sexualidade exacerbada, uso de álcool, tabaco e outras drogas, violência, acidentes, depressão, hiperatividade.

Todos estes transtornos vem ocorrendo em idades cada vez mais precoce e com maior freqüência. O que está acontecendo com nossos crianças? E com seus pais?
Ter filhos tornou-se um projeto pessoal dos pais como o trabalho, o esporte, o corpo, o sucesso social, com metas a alcançar e pódio a conquistar e para isso, trabalham cada vez mais para poder oferecer cada vez mais, não medindo esforços em oferecer o melhor e mais moderno, desde o berço. Tentam tirar todos os problemas e protegê-los de todas as dificuldades, muitas vezes fazendo por eles o que eles precisam aprender a fazer.

Desde bebê a criança faz o horário comercial dos pais e freqüenta os espaços sociais dos adultos. Tentam encaixá-la na rotina de vida deles, mas criança precisa de coisas de criança: atenção, carinho, companhia, orientação constante, estímulo e valorização para crescer confiante, segura e desenvolvendo seus próprios potenciais. E isto está em falta no mundo de hoje: tempo para conviver, para conversar e qualidade nos relacionamentos.

A vida é corrida, a necessidade de consumo é sempre maior, o sucesso é medido pelos acertos e resultados de excelência... tudo desfavorece este processo de crescimento entre pais e filhos.
As crianças precisam de coisas básicas e simples: colo, beijos, avós, primos, terra, praia, campo, animais, amigos, boas referencias e tempo para amadurecer. Boas bases permitem as mais variadas construções.

Pensando bem, os pais precisam das mesmas coisas, não acha?

Escrito por Magali Hemzo


A questão relevante sobre o grito
Por que as crianças francesas
não têm Déficit de Atenção?
Desperte a supernanny que
há em você
ORIENTAÇÃO DE PAIS
ALGUMAS DICAS PARA LIDAR
MELHOR COM CRIANÇAS
Quarto dos pais não é lugar para
filho dormir
Porque meu filho não é feliz
Bruxas e a morte
Compaixão pelas CRIANÇAS
Pais devem estudar com os filhos
Como prevenir o consumo de
álcool e remédios entre
os adolescentes
DISLEXIA
Uma estoria que precisa ter
fim (sobre drogas) (pdf)

Rua Vergueiro,1421 - 7o. and. cj 701
Paraíso - São Paulo/SP
Fone: (13) 3022.5681

Av ana costa,482 CJ 911
Santos/SP
Fone 13-3022.5681

E-mail: magali.hemzo@gmail.com
SKYPE - magali.hemzo